sexta-feira, 25 de novembro de 2016

?

Bom dia! segue o comprovante de
transferencia como foi combinado, aguardo
o envio quando verifica me avisa por favor
agradecido e vai desculpando a demora ok. R$ 387,00

Segue em anexo o comprovante

Comprovante de deposito

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Comprovante de pagamento

Bom dia segue o comprovante de
transferencia como foi combinado, aguardo
o envio quando verifica me avisa por favor
agradecido e vai desculpando a demora ok. R$ 387,00

Segue em anexo o comprovante

Comprovante de deposito

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Entenda um pouco mais sobre a energia solar

A proposta de energia solar residencial encanta cada vez mais os brasileiros, que cada vez mais cogitam em instalar essas placas solares.  

Contudo no cenário atual é muito cara apresentando taxas de retorno do investimento a longo prazo. Existem alternativas de redução de custo, uma vez que o imposto de importação é extremamente alto para uma coisa que é benefício para todo planeta. Lá fora, os módulos saem muito baratos, mas a sobretaxa de impostos da importação fazem disparar os preços.

Saiba mais conferindo na matéria abaixo do Fantástico sobre energia solar.




 Fonte: youtube

domingo, 20 de dezembro de 2015

Instalando Energia Elétrica Solar na Minha Residência



O Governo Federal através da ANEEL aprova regras para facilitar a geração de energia nas unidades consumidoras, ou seja na sua própria residência.

Esse é um marco histórico, face ao momento hidrológico critico que inviabiliza construções de novas usinas hidrelétricas, mesmo o Brasil sendo um país propicio para a geração de energia elétrica através de usinas hidrelétricas.

As construções das usinas hidrelétricas tem se tornado um desafio cada vez mais difícil devido a falta de água que o país tem vivenciado nos últimos anos.

O modelo de contratação de novas usinas hidrelétricas não se tem mostrado atrativo no cenário de investimento, o que dificulta a viabilização de novos empreendimentos.

Neste cenário a energia eólica instalada nas unidades consumidoras trazem um cenário de muita expectativa, pois  se realmente viabilizado evitará a construção de novas usinas hidrelétricas, demandando licitações em escalas menores.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Como acender lâmpada sem usar fios (experiência de Física - Elétrica)

Descubra como acender lâmpada sem usar energia elétrica


Fonte: www.manualdomundo.com.br

Minigerador eólico: transforme vento em energia elétrica

Aprenda a fazer uma usina eólica em casa! 


Fonte: www.manualdomundo.com.br

Transferência dos ativos de iluminação pública aos Municípios

Distribuidoras têm três meses para realizar a transferência dos ativos de iluminação pública aos Municípios
02/10/2014

ILUMINAÇÃO PÚBLICA
   
No dia 31/12/2014, encerra o prazo para que as distribuidoras  concluam o processo de transferência dos ativos de iluminação pública (IP), conforme determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).  Até agora, dos 5.564 municípios brasileiros 3.755 assumiram os ativos, ou seja, ainda faltam 1.809 – 32,51% do total. Os estados mais críticos são Minas Gerais, São Paulo, Pernambuco e Ceará, sendo que em MG - dos 853 municípios apenas 19 estão com os ativos, em SP – apenas 129 dos 645, em PE – apenas 7 dos 185, e no Ceará – apenas um dos 184. Além disso, existem municípios nos estados do Amapá, Paraná e Roraima que não estão com os ativos de IP.     

sábado, 18 de janeiro de 2014

Eletricidade Conhecendo tipos de emenda em fios

Aprenda como fazer emendas de forma correta em fios elétricos. Conheça os procedimentos corretos.


Fonte: Zergui Pfleger (you tube)

Hidrelétricas geram R$ 2,1 bilhões em compensação financeira em 2013

                                                                                                                                                                      
06/01/2014
Em 2013, a arrecadação de compensação financeira pela utilização de recursos hídricos (CFURH) para geração de energia elétrica a municípios, estados e União, incluindo royalties (compensação financeira devida pela Usina de Itaipu), foi de R$ 2,1 bilhões. Desse total, foram distribuídos R$ 1,5 bilhão a título de CFURH e R$ 553,7 milhões em royalties.
Em dezembro, o valor de compensações chegou a R$ 186,8 milhões. Os recursos deste mês foram distribuídos a 702 municípios de 22 estados e à União, dos quais R$ 135,9 milhões a título de Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos. A transferência de royalties foi de R$ 50,9 milhões a 346 municípios de seis estados e à União.